Depilação com Cera: Tudo o que você precisa saber sobre técnicas | Blog
breadcrumbs

Depilação com Cera: Tudo o que você precisa saber sobre as técnicas

Home » Depilação » Depilação com Cera: Tudo o que você precisa saber sobre as técnicas

depilacao-com-cera-gris-2

Depilação com Cera: Tudo o que você precisa saber sobre as técnicas

A depilação com cera remete aos tempos mais antigos dos costumes femininos e fizemos esse artigo para falar tudo sobre as técnicas com cera. Confira

A depilação com cera talvez seja a técnica mais utilizada entre todas as que existem.

O costume das mulheres se depilarem vem desde a antiguidade. A técnica de depilação com cera, conforme conta a história, surgiu no antigo Egito, onde as mulheres utilizavam mel e sândalo para a retirada de pelos da axila.

Mais tarde, na Grécia, os gregos desenvolveram uma varinha de cerca de 30 cm com ponta curva conhecida como estrigil. No entanto, a remoção dos pelos remete há tempos mais antigos ainda com os povos primitivos.

Apesar de registros de que indias simplesmente não tinham pêlos pubianos desde o nascimento, descobriu-se que, na verdade, eles eram retirados com espinhas de peixe-lixa.

Na Idade Média, também conhecida como “Idade das Trevas”, o pudor era uma preocupação constante até mesmo com hábitos de higiene, pois tudo era tido como pecaminoso perante os olhos da sociedade que era controlada pela igreja.

Com o passar do tempo, já no século 20, com o advento da liberdade vindo à tona, tudo mudou. As roupas ficaram mais curtas e justas e, com o corpo mais à mostra, as mulheres perceberam que não era nada agradável mostrar axilas e pernas com pelos.

Curiosamente, isso vem de encontro com o movimento rippie dos anos 60 e 70, que pregavam a liberdade e desprendimento com as coisas materiais e estéticas.

Com o tempo, o hábito da depilação passou do conceito de estética para um hábito de higiene pessoal. Hoje em dia, várias técnicas e instrumentos vão surgindo para aprimorar a depilação.

Sobretudo, a mais tradicional ainda hoje é a depilação com cera. Sobre a qual vamos falar tudo neste artigo.

Depilação com cera: Tudo o que você precisa saber

A depilação com cera tornou-se o método mais comum ao longo dos anos. Apesar de técnicas como a depilação a laser e fotodepilação estejam em alta, ela ainda é a mais popular.

Seja na linha do biquini, axilas, pernas e até mesmo na linha das sobrancelhas, a depilação com cera ainda é o método mais utilizado.

As primeiras vezes pode ser bem desconfortante, no entanto, é o método que mais promove resultados e com muito mais vantagens em relação aos outros.

Depilação com cera X depilação com lâmina

A cera definitivamente é uma excelente alternativa em relação à depilação com lâmina. Ela não tem contra-indicações e é recomendada para qualquer pessoa de qualquer faixa etária e pode ser utilizada mesmo durante a gravidez.

O cenário ideal é que a mulher escolha pela depilação com cera desde nova, pois ela ajuda a fazer com que os pelos não fiquem tão fortes. Com o tempo, o procedimento fica bem menos doloroso do que os casos em que a depilação não é utilizada.

Isso acontece porque os pelos são removidos diretamente pela raiz e não apenas pela superfície, como acontece com a retirada pelas lâminas ou cremes depilatórios.

A duração da depilação feita com cera pode ter duração de três semanas a um mês, dependendo do tipo de pêlo e o local. Uma outra grande vantagem é que, ao contrário da depilação feita com lâmina, a pele fica mais suave.

Com o passar dos anos e com a utilização sucessiva da cera, o pelo começa a crescer mais fino e até mesmo desaparecer em algumas áreas.

O momento certo de fazer a depilação a cera

Apesar de variar de mulher para mulher, o ideal é esperar que o pelo tenha um comprimento adequado. Isso corresponde normalmente a um tempo de três a quatro semanas.

Procedimento ideal para fazer a depilação com cera

  1. Primeiramente, o melhor a se fazer é procurar profissionais especializados na área da depilação.
  2. O procedimento ideal para iniciar a depilação é a assepsia total das áreas com álcool etílico.
  3. Após a desinfecção, a profissional vai aplicar a cera, removendo-a rapidamente em pequenas partes de cada vez.
  4. Para o procedimento, geralmente são utilizadas dois tipos de cera: uma mais suave e uma mais dura.
  5. A cera mais suave geralmente é utilizada para zonas maiores como pernas e a dura para buço e axilas, com áreas menores.
  6. Depois da depilação feita, é aconselhada a aplicação de um bom creme hidratante por toda a pele.

 

Depilação com cera realmente dói?

De fato, a depilação com cera pode não ser a coisa mais indolor do mundo, mas é algo totalmente suportável.

Se você for uma pessoa intolerante a dor, seja de qualquer tamanho, é aconselhável um comprimido de ibuprofeno de uma a duas horas antes da depilação e uma esfoliação no dia anterior.

Evite usar cremes hidratantes nas áreas da depilação no dia, para que a cera tenha melhor aderência. A área que recebeu a depilação pode ficar sensível durante um ou dois dias, por isso, é bom evitar esfoliação e exposição ao sol nesse período.

Uma dica importante também é em relação ao período do mês para se depilar. Uma semana antes da menstruação é aconselhado a não se depilar, pois o corpo estará mais sensível que o normal, o que poderá acarretar mais dor.

Depois de 24, o ideal é que se use um creme esfoliante durante o banho para ajudar a remoção da pele morta e evitar que os pelos encravem. Caso algum pelo encrave, jamais esprema. Isso vai evitar infecções e ulcerações na pele.

Como escolher o local ideal para se depilar

Atualmente, a maioria dos spas, salões de estética e clínicas de beleza têm disponibilidade da depilação com cera. Pesquise e escolha aquele que ofereça condições de higiene satisfatórias e que utilize esterilização de materiais.

Importante observar a profissional que vai fazer o procedimento. Ela deve conhecer todo o protocolo de higiene e de utilização dos materiais.

Tipos de cera para depilação

O mercado da estética e depilação tem novidades sendo lançadas quase todos os dias.

É natural que você fique perdida com tantas opções que existem por aí e se pergunte: Qual o tipo que melhor se aplica na minha pele ou até mesmo da minha cliente?

Pensando nisso, fizemos um apanhado de alguns tipos de ceras existentes no mercado para você avaliar qual é a que melhor se adapta a você.

Basicamente, há dois tipos de cera: Quente ou fria.

Dê sempre preferência pela cera quente, pois o procedimento é mais rápido e menos doloroso, por conta da vasodilatação, o que ocasiona a abertura dos poros.

Na fria, o procedimento é mais agressivo e doloroso. Portanto, se puder escolher, escolha sempre a quente.

Aqui na Gris Beleza, fazemos o procedimento com Cera de Mel com Camomila, através de um método espanhol em que a passação e a retirada é feita com a própria cera.

Este tipo de cera é aplicada morna e é hipoalérgica com componentes 100% naturais, livre de corantes e essências. Existem muitas opções de cera no mercado. Importante é você nunca abrir mão de locais apropriados e profissionais capacitados para os procedimentos.

A depilação com cera é certamente uma das melhores opções entre as existentes e seu custo-benefício vale muito a pena para quem quer ficar com a depilação em dia.

Se interessou? Fique sempre ligada em nosso site www.grisbeleza.com.br e em nosso blog. Periodicamente vamos dar dicas incríveis para você.

Até o próximo artigo.

Deixe um Comentário

NEWSLETTER

Receba as notícias em seu e-mail